Amado - Vanessa da Mata (Atenção para o negrito... rs)

"Como pode ser gostar de alguém
E esse tal alguém não ser seu

Fico desejando nós gastando o mar
Pôr-do-sol, postal, mais ninguém

Peço tanto a Deus
Para esquecer
Mas só de pedir me lembro
Minha linda flor
Meu jasmim será
Meus melhores beijos serão seus

Sinto que você é ligado a mim
Sempre que estou indo, volto atrás
Estou entregue a ponto de estar sempre só
Esperando um sim ou nunca mais

É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer

Sinto absoluto o dom de existir,
Não há solidão, nem pena
Nessa doação, milagres do amor
Sinto uma extensão divina

É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer

Quero dançar com você
Dançar com você..."



- Postado por: Rafael às 22h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Sortudo!

Alguns fins-de-semana são bons. Outro, nem tantos.

E alguns são MUITO bons, como este.

 

Eu sempre soube que os amigos são a melhor saída, o melhor remédio, a diversão mais pura, as risadas mais gostosas, a melhor saudade para se matar.

 

Dá pra perder a noção do tempo e esquecer as mesmas crises e dramas de sempre, seja pulando num show, seja ouvindo um grupo bacana de chorinho, seja jogando papo fora ou comendo esfihas...

 

Eu só tenho medo de não fazer que percebam isso, como são importantes e essenciais!

E se precisar bancar o carentão sempre pra que saibam, se despedindo com abraços apertados e declaraçõezinhas de amor, eu banco! Faço mais até!

 

Afinal, eu tenho OS MELHORES AMIGOS que alguém pode imaginar!



- Postado por: Rafael às 21h30
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Mantra preferido a partir de hoje.

desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana desencana que a vida engana.....



- Postado por: Rafael às 23h56
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Já sei, já sei! Só falta colocar em prática...

"Confesso que já vi inúmeros conflitos simplesmente sumirem no momento em que alguém resolveu dizer "eu te amo". Mesmo em meio a erros drásticos, incompreensões graves e desencontros tolos!

Quando alguém falou de amor, tudo mudou; coisas aparentemente muito importantes perderam espaço e até dificuldades foram superadas, porque alguém resolveu falar: "eu te amo". Cuidado! Amor contido faz sofrer muito e sofrer mais ainda quem não faz romper o medo de amar com a coragem de quem resolve viver.

É isso que você precisa fazer e rápido. Agora é com você! Se não percebeu, eu lhe digo rapidinho que amar e dizer que ama é uma decisão que só você pode tomar. Tenha pressa, sim! Reflita comigo: a maioria dos problemas tem como causa o desamor! Experimente dizer: "eu te amo". Se puder, depois, conte-me os resultados!

 

Ame-se! Ame-se muito! Os outros não amam você? Paciência. Ame-se primeiramente. Até Jesus Cristo teve seus críticos… Ah, acha que precisa melhorar algo? Ótimo! Todos precisamos. Melhore, então. Mas por você! Para sentir-se feliz e de bem com a vida; não para agradar os outros. Tenha plena e total certeza: quando você está feliz consigo, quando sua auto-estima está elevada, tudo ao seu redor fica melhor, porque o semelhante atrai o semelhante. Não tem segredo. É simples. Fácil, não; simples, sim."

 

 

(Recado orkútico do querido Aurélio.)



- Postado por: Rafael às 23h34
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Alguém me arruma um significado pra isso?

Eu gosto de gente. De pessoas, de calor da pele, de toque.

Esse já não é um mistério sobre mim. É claro, notável. Não tento esconder nem quero.

 

O que ainda não entendi em mim é essa mania, se é que se pode chamar assim, de querer pessoas.

Às vezes, só de olhar e cruzar com alguém pelos corredores, quero aquela pessoa pra mim. Como se eu soubesse que ela tem alguma coisa pra me ensinar ou até mesmo num surto pretensioso de pensar que eu poderia fazer diferença em sua vida.

Elucubrações, claro.

 

Tenho me aproximado de alguém que só olhava de longe e que admiro a voz. Alguém de poucos amigos, por opção. E descoberto tantas coisas que já aconteceram na sua vida que nem poderia imaginar!

 

Essa foi a sacada que me instigou: é engraçado conviver com alguém sem imaginar o tanto que aquela pessoa já sofreu por uma doença, uma perda, ou o tanto que já aproveitou sua vida com viagens, por exemplo.

 

E apenas no processo de construção de uma amizade, de um relacionamento, é que essas coisas vão se revelar e, junto com elas, talvez venham as lições pra se aprender, um conselho que tanto se esperava ou uma fase de momentos mais felizes.

 

Não quero brincar de bruxo nem bancar o psicólogo, tampouco me arriscar e me complicar com equívocos que eu mesmo posso criar.

Quero é conquistar o que tem pra mim no outro e agir como minhas experiências anteriores me ensinaram: com calma e sem confundir as cosias!



- Postado por: Rafael às 23h16
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Poder além da vida.

Depois de um fim-de-semana com os amigos, pizza, risadas, nada como um filme com o primo-irmão.

O escolhido: Poder além da vida. Já tinha um tempo que queríamos assistir e sabíamos que a história falava de motivação, superação, quase quase auto-ajuda.

 

O que não sabíamos, eu, pelo menos, nem imaginava, é que seria tão bonito!

 

Dan é um ginasta super convencido, família rica, só tira notas boas na faculdade e só dorme sozinho quando ele quer.

Numa noite, ele acorda com um pesadelo e vai até uma loja de conveniências. Um senhor, cabelos brancos, todo filosófico o atende. Este senhor, que Dan passa a chamar de Sócrates, quer fazer dele um guerreiro de verdade.

Coisas vão acontecer e o ginasta vai passar por alguns problemas que, sem os ensinamentos do Sócrates, não conseguiria.

 

O que ele aprende?

 

Que muitas cosias estão acontecendo ao seu redor e que ele precisa parar de olhar pro próprio umbigo. Que felicidade está na jornada, não no destino. Que não importa o que vai acontecer no futuro, nem o que já se passou: o AGORA é o que realmente importa.

 

Livre-se do lixo dentro de você.

Esvazie seus pensamentos. Concentre-se.

Faça o que realmente gosta e faça isso pelo amor e prazer que sente, não pela recompensa que irá receber.

 

Paradoxo: a vida é um mistério, não tente compreendê-la.

Humor: tenha sempre bom humor, principalmente com você mesmo.

Mudança: nada na vida permanece imutável.

 

Claro que tive crises e chorei a noite toda.

Por mais clichês que pareciam as informações, eu só me perguntava quando vou conseguir me desapegar desse lixo, dessas crises.

Quando vou deixar essa auto-estima problemática de lado e fazer aquilo que gosto sem medo de errar, sem preocupações com resultados, curtindo o prazer que me causa?

Quando vou me livrar dessas amarras???

Por que tanta elucubração? Por que não consigo ser mais simples?

 

Assistam o filme.

Totalmente recomendável.

Só não recomendo as crises!

Se bem que nem precisaria! Nem todo mundo demora pra se livrar delas...

rs

- Postado por: Rafael às 20h30
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Gritando, INDIGNADO!!!

Eu não vou mais dizer que o mundo é um ovo.

Não vou mais reclamar!

Nem tocar no termo “teias de relacionamento” eu vou!

Não quero imaginar quantas coincidências já aconteceram ou se não são apenas coincidências.

Não vou procurar saber quem ficou com quem que já tinha ficado com quem.

 

Nada acontece por acaso?

Já estava escrito?

Era pra ser assim?

 

 

Deixa eu imaginar pessoas como folhas brancas, pra que eu possa dar a elas a cor que quiser!

Pelo menos uma cor que não se misture com o que já pintaram ali...



- Postado por: Rafael às 22h43
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Coerência ou coesão?

Engraçado uma lagartixa andando no teto do banheiro enquanto a gente toma banho...

 

Que bom que o afilhadinho lindo tá melhor! Tava preocupado, já...

 

Nelson Rodrigues!

“Os sete gatinhos” ou “A mulher sem pecado”?

 

O que será que ele tá fazendo?

 

Uma voz tão linda, né?!

Xiiii... Num apaixona, não!!!

 

Que fome.

 

Branco e roxo, eu prefiro, e uma fonte sem serifa, claro.

Imagem só dos rostos.

 

DVD dos Beatles! Vai lá!

 

Que bagunça aqui em cima. Dá um jeito nisso logo!

 

Mas aquele cara da facul... Quem diria!!!

 

Preto com forro vermelho, aberto com ilhoses e com guizo.

 

Que bobagem! Claro que ela já sabia! Viu que papo gostoso?

 

O cara lendo na igreja é da igreja! hahaha

 

Yamaha Barroca. Germânica não serve, hein?!

 

Espero que o Z.A. sinta que eu adoro aquela família toda!

 

Fim-de-semana bom.



- Postado por: Rafael às 20h40
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Ô, raiva!

Houve um processo de seleção para novos funcionários no Grupo Tia Lurdes. Analisando uma das fichas, vi que o garoto havia trabalhado por dois anos no meu antigo emprego, uma malharia.

Após as entrevistas, ele foi o escolhido. Ao ligar para colher informações, a dona, minha ex-chefe, disse: “Ele é muito bom, muito inteligente, mas um pouco lento. Como o Rafael que trabalhou aqui e hoje está com vocês: ele era super inteligente, mas muito lento”.

 

Caramba! Me subiu uma raiva!

Eu surtei quando a moça que ligou me contou.

Eu trabalhei mais de nove anos nesse lugar! E eu tenho consciência de que não era lento!

Poxa... Eu carregava aquilo nas costas, era super esforçado, preocupadíssimo com tudo pra que nada saísse errado... Eu mudava de área e continuava atendendo e resolvendo problemas do serviço anterior. Meu nome era gritado o dia todo para verificar dúvidas. Consegui organizar e cuidar de mais de cinqüenta bordadeiras, pagamentos, linhas, miçangas e tudo.

Era o meu trabalho, eu tinha eu fazer tudo certo, concordo. Mas não podia imaginar que tinham essa imagem.

 

Gritei, surtei, só não xinguei a louca de santa!

O que ficava no meu coração era a idéia repetitiva de ter me esforçado em vão, de assumir mais responsabilidades que pude e nada ter tido valor...

 

Caramba!

Elas queriam o quê?

Que eu morasse naquele lugar e dormisse usando os pacotes de contas como travesseiro e as blusas como lençol???

Ninguém se lembrou de quando eu trabalhava quinze dias sem nenhuma folga, de quando trabalhava até muito tarde ou de todas as vezes que chegava atrasado na aula por ter ficado no trabalho?

 

Por isso e mais uma porrada de motivos que, quando me perguntam se eu sinto falta de lá, eu respondo: NÃO. Tô bem melhor agora!



- Postado por: Rafael às 13h29
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Vovó Kika do braço quebrado.

Ela caiu e quebrou o braço direito. A primeira fratura da senhorinha nervosa, magrinha e fofa.

Foi até a janela ver quem chamava lá fora, escorregou numa pocinha de água que escorreu de um vaso de flores da cozinha que ela mesma aguou. Braço quebrado e problemas na clavícula.

Fui visitá-la assim que soube. Ela toda preocupada com o inchaço na mão e os hematomas.

Tentei acalmá-la. Disse que o inchaço era normal neste caso, mas que iria passar.

Olhei para o gesso, branquinho. Lembrei de quando algum colega da escola sofria alguma fratura e todos queriam assinar, deixar uma marca ali. Alguns até diziam que guardavam o gesso como lembrança!

 

E já fui avisando: Eu vou ser o primeiro a assinar!

 

Talvez ela e a tia não tenham gostado muito da minha idéia.

Mas eu tinha que fazer isto! Pra mim, era uma forma de deixar a situação mais divertida, de mostrar que não é nada de tão grave assim!

 

Peguei uma daquelas canetas de escrever em transparências, preta, escolhi um lugar. Ela disse que tinha medo de doer.

E de forma bem leve, escrevi: VOVÓ, TE AMO! RAFA.

 

Uma verdade que eu deveria gritar mais vezes em seu ouvido. Uma gracinha pra ela saber do que sinto, mesmo não indo tanto à sua casa.

Ela sorriu quando eu terminei. Me abraçou e beijou, com um choro contido que bem conheço, que sempre aparece quando falamos sobre a família, do carinho todo que existe.

 

Depois disso, espero que outros imitem e que ela tenha coisas boas pra lembrar quando pensar na tal fratura.

E espero também ser mais atencioso e lhe mostrar carinho e amor independente de gessos e outras crisesinhas chatas de saúde que possam aparecer.



- Postado por: Rafael às 21h34
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Das conversinhas que rendem, com quem a gente gosta.

_ Palavra é pedra, heim!

_ Palavra é pedra é ótima! Nem sabia dessa!

_ Teoria minha!

_ Explica isso direito

_ Pedra, é dura... dura muito tempo... tanto pode ferir como construir... Então, quando se fala se estabelece uma condição.

_ Hum...

_ Que pode ser perdida ou colocada para uma construção...

...

_ Nossa! Exagerei!

_ Exagerou nada! Adorei isso!



- Postado por: Rafael às 23h47
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Volta às aulas!!!

Já era hora!

Por mais cansativo que possa ser, ir ao Conserva todos os dias me faz um bem danado!

Fazer o que gosto, ver os amigos, bater papo.

E já não dava mais pra ficar em casa pensando bobagens. Aliás, estas horas vagas do meu dia já estavam me permitindo draminhas indesejáveis.

 

Minha vontade mesmo era comprar mochila nova, bolsinha, canetas, lápis de cor, jogo de canetinhas, caderno com adesivo, no maior estilo “lembranças do primário”.

 

Minha vontade mesmo era comprar pensamentos novos, sentimentos novos e jogar fora rascunhos e papéis rasgados aqui...

 

Alguém por aí tem (ou sabe onde comprar) uma daquelas borrachas super bacanas que apagam tudinho???

- Postado por: Rafael às 23h43
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Muzamba Folia 2008.

Sem fotos.

Sem minha musa do ano.

Sem Capuccino com sorvete.

 

Maaassss:

 

Com o sobrinho mais lindo e suas gracinhas.

Com os irmãos e cunhadas.

Com a Paula e o Ed.

Com os melhores papos.

Com o Zé Amélio e a Luciene.

Com livro do Arnaldo Jabor.

Com “Doce Novembro”.

Com “OS Infiltrados”.

Com pão de queijo.

Com tanta coisa boa e simples!

 

Com saudade e muitos pensamentos insistentes...



- Postado por: Rafael às 19h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Musiquinha martelando aqui!

TODO MUNDO QUER UM BEM
(Zé Renato / Fausto Nilo)

 

Vão se apagando as estrelas
Vem o sol, você não vem
Nesse mar azul da tristeza
A saudade vai também
Quando meu olhar bate a presa
Nesse espelho sem ninguém
É maldade natureza
Todo mundo quer um bem

Piorou
Quando eu chorei, você sorriu
Dava pra se ver
Nosso amor fugiu
Melhorou
Quando acordei, meu sabiá
Pelo amor de Deus
Que é que eu fui sonhar


Vão se apagando as estrelas...



- Postado por: Rafael às 22h55
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Ô, bagaceira!

Barbudo.

Espinhas adolescentes no nariz e na testa.

Cabelo destruído, de várias cores e caindo.

Caspa.

Olheiras profundas.

Cansado.

Duvidando e questionando.

Sentindo saudade.

Meloso.

Carentão.

 

Definitivamente, eu não estou vivendo minha melhor fase!

 

Humpf!



- Postado por: Rafael às 22h10
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________





Image Hosted by ImageShack.us Depende do contexto. Geralmente, sou de Flor. Tento, ao menos, delicadeza e bom-humor sempre. Se a vida é o que a gente faz dela, que seja divertida! Intenso. Flexível. Com vontade de ser surpreendente. Dificilmente atiro Pedras. Porém, posso ter boa pontaria! Indiferença, neste caso. E não guardo as que me atiram. Contra os espinhos, TEMPO. Mas me falta paciência. E rir de tudo!
Desencana que a vida engana, não é mesmo?! rs


Outros blogs:


UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis



Histórico:

- 01/08/2008 a 31/08/2008
- 01/04/2008 a 30/04/2008
- 01/03/2008 a 31/03/2008
- 01/02/2008 a 29/02/2008
- 01/01/2008 a 31/01/2008
- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/09/2007 a 30/09/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/04/2007 a 30/04/2007
- 01/03/2007 a 31/03/2007
- 01/02/2007 a 28/02/2007
- 01/01/2007 a 31/01/2007
- 01/12/2006 a 31/12/2006
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/10/2006 a 31/10/2006
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006



Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador: